domingo, 20 de março de 2016

Aparentemente, mas não.

(foto tirada em Setembro 2015)

Aparentemente eu sumo do meu blog, mas não. Aqui estou! Fico semanas, meses, sem postar algo, mas sempre volto. Sou praticamente incansável, rsrs...
Tenho alguns seguidores que, para a minha satisfação, sentem falta quando fico sem escrever. São leitores discretos, mas estão por aí. O que importa para mim, é que meus (não sei se poucos) leitores, tenham qualidade. Não me importa a quantidade, nem tampouco espero os "likes" de um Facebook, mas de qualquer forma, muito me agrada em saber que gostam do meu blog. Eu nunca vou embora...
Quanta coisa aconteceu nos últimos três meses e meio que fiquei sem postar! Muita coisa!
Passaram o Natal, o Reveillon, o inesquecível final de Downton Abbey, a delação do Delcídio do Amaral, as emoções de The Walking Dead, o depoimento coercitivo do Lula, a morte de quatro mestres da música (o poderoso Lemmy Kilmister, o imortal David Bowie, o genial George Martin e o lindo Maurice White), o retorno às aulas da faculdade, o período em Barueri, os dias divertidos na TP, a chegada da Izzo, o Oscar, o Grammy, o Bafta, o SAG's, as horas de análises políticas, os desdobramentos da Lava Jato, as congruentes sessões com o meu psicanalista, os cuidados físicos e astrais, a despedida delas para a Finlândia, o Projeto, as cestas fantásticas do Curry, as letargias, a passagem de Alan Rickman, os stresses do cotidiano, as delicias e os prazeres da vida.
2016 está intenso, conforme o previsto, mas está no caminho certíssimo, conforme o desejado.
Muita luz, paz, saúde e amor em 2016!

Nenhum comentário: