sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

“O amor nos tempos do cólera”


Demorei alguns anos para lê-lo...
Depois de recomeçar quatro vezes, finalmente terminei de ler “O amor nos tempos do cólera”, do premiado Gabriel García Márquez. Destaque para a tradução de Antonio Callado.
A história é boa, mas não consegui prender-me totalmente à leitura. Os personagens são fortes, a ambientação é envolvente, e a narrativa é sutilmente poética, entretanto não sou adepto à leituras com tamanha quantidade de detalhes. Prefiro uma literatura mais objetiva e pragmática, mesmo sendo um romance clássico.
Por diversos momentos me envolvi intensamente no livro, sendo dispersado quando os detalhes narrativos desviavam o foco dos protagonistas.
Fiquei demais angustiado com a vida que Florentino Ariza levava, bem como fiquei quase incontido com as escolhas de Fermina Daza. Gabriel García Márquez criou um destino diferente e curioso.
Página virada, livro encerrado.



Nenhum comentário: