terça-feira, 27 de maio de 2014

Um gato a bordo


Se a foto acima não fosse datada dos anos 40, durante a Segunda Guerra Mundial, até eu mesmo afirmaria que sou eu esta pessoa fotografada.
Foto encontrada na internet pelo meu cunhado B. Hajjar, ilustra uma matéria sobre a presença determinante dos gatos marinheiros da época. O gato no meu ombro, digo, no ombro da pessoa, chama-se Sam.
Seria um eu antes de ser o eu atual? Um antepassado?
Se eu puxar na memória, talvez consiga voltar há uns 70 anos.