sábado, 20 de setembro de 2014

Simply Red - Something got me started



Pense em 2014... pensou?
É isso, 2014 é Simply Red... sempre será !

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

"Acrilic on canvas"


foto por: Her Filho

autor: Renato Russo / Renato Rocha / Dado Villa-Lobos / Marcelo Bonfá

É saudade, então
E mais uma vez
De você fiz o desenho mais perfeito que se fez
Os traços copiei do que não aconteceu
As cores que escolhi entre as tintas que inventei
Misturei com a promessa que nós dois nunca fizemos
De um dia sermos três


Trabalhei você em luz e sombra


E era sempre:
- Não foi por mal, eu juro que nunca quis deixar você tão triste
Sempre as mesmas desculpas
E desculpas nem sempre são sinceras
Quase nunca são


Preparei a minha tela
Com pedaços de lençóis que não chegamos a sujar


A armação fiz com madeira
Da janela do seu quarto
Do portão da sua casa
Fiz paleta e cavalete
E com lágrimas que não brincaram com você
Destilei óleo de linhaça
Da sua cama arranquei pedaços
Que talhei em estiletes de tamanhos diferentes
E fiz, então, pincéis com seus cabelos


Fiz carvão do batom que roubei de você
E com ele marquei dois pontos de fuga
E rabisquei meu horizonte


E era sempre:
- Não foi por mal, eu juro que não foi por mal, eu não queria machucar você, prometo que isso nunca vai acontecer mais uma vez.


E era sempre, sempre o mesmo novamente
A mesma traição


Às vezes é difícil esquecer:
"Sinto muito, ela não mora mais aqui."


Mas então, por que eu finjo
Que acredito no que invento?
Nada disso aconteceu assim
Não foi desse jeito
Ninguém sofreu
É só você que me provoca essa saudade vazia
Tentando pintar essas flores com o nome
De "amor-perfeito"
 

E "não-te-esqueças-de-mim"

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Remédios


Não gosto disso. Não quero isso. Não compreendo e não aceito que o ser humano precise de remédios para viver.
O universo é imenso. A vida é inexplicavelmente diferente do que pensamos que ela é. Não faz nenhum sentido sermos parte de algo tão grande e, ao mesmo tempo, sermos assim tão fisicamente frágeis. A mente e a alma são tão poderosas, mas parecem não caber em uma massa física tão fraca e frágil quando o corpo humano.
O corpo, a mente, a alma, o espírito, a razão, a emoção, o instinto e a cultura do ser humano, parecem jamais estar em harmonia entre si. E a culpa total é da própria humanidade, que opta sempre pela estupidez e pela mediocridade.
Doenças são emoções, são reações psicossomáticas. A Medicina trabalha no desenvolvimento da cura, e não está errada, pois é o seu papel. Mas prefiro ir na causa, do que ficar apenas na consequência.
Uma ação gera infinitas reações. Essa é uma das leis da vida, e da Física. Evite a causa e não sofrerá a consequência. Talvez a cura do câncer esteja na Física e não na Medicina.
O pensamento gera emoção e energia. Emoção gera energia e sensação. Sensação e energia explicam-se pela Física, logo, a emoção também poderia ser. A emoção pode ser negativa ou positiva. A alegria move um tipo de partícula, assim como o medo. Essas partículas movem outras, assim sucessivamente, transcendendo o corpo e ultrapassando limites previstos pela ciência padrão.
Logo, eu não estaria errado em dizer que, não é uma metáfora quando afirmo que a depressão não está apenas dentro de nós, e sim também no ar em que respiramos.
Emoções, doenças e a Física, são mais íntimos e intrínsecos do que você imagina.
Eu não aceito o simples fato de que o nosso corpo precise ou dependa de remédios para ser forte ou para se curar.
A mente cura, o corpo simplesmente deveria obedecer.

terça-feira, 16 de setembro de 2014

Paul McCartney & Bruce Springsteen

Para mim, é certamente na música que se explica a razão da vida.
Emoções que ficam pequenas em palavras, como por exemplo, ver juntos Sir Paul e The Boss.


segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Dave Weckl, Vinnie Colaiuta & Steve Gadd



Dave Weckl, Vinnie Colaiuta e Steve Gadd, juntos?
Isso é irresistível. Poderia durar duas horas.

segunda-feira, 21 de julho de 2014

"Em tempos de guerra"

 
autor: Her Filho (Direitos Registrados)

Em tempos de guerra
É perigoso escolher mais um adversário, ao invés de um amigo.

Em tempos de guerra
O que é ainda pior é achar que o inimigo de sempre, agora será amigo.

Em tempos de guerra
A trégua é valiosa quando se percebe que acabaram todas as armas.

Em tempos de guerra
Se, render-se não for o melhor caminho, então é melhor fugir.

Em tempos de guerra
Se o seu exército morreu primeiro, corra para um bom esconderijo.

Porque o inimigo vai te pegar.